Pular para o conteúdo
    Navegue para frente para acessar os resultados sugeridos

    Quais são as diretrizes para assistência e bem-estar dos animais para as experiências do Airbnb?

    As experiências do Airbnb vão muito além dos passeios e aulas típicos. Elas são desenvolvidas e oferecidas por moradores locais inspiradores, que através de suas habilidades fazem com que cada hóspede mergulhe em um mundo único. Nas experiências que incluem animais, o Airbnb tem o compromisso de proteger o bem-estar deles.

    Essas diretrizes foram criadas em consulta com a World Animal Protection, uma organização que tem o compromisso de melhorar a vida dos animais. Estas diretrizes se aplicam a experiências que envolvem animais selvagens na natureza e em cativeiro, bem como animais domesticados sob cuidados humanos. Acreditamos que todos os animais devem ser respeitados pelo seu valor intrínseco e papel no ecossistema global, portanto as experiências que violam estas diretrizes ou ameaçam o bem-estar e/ou a conservação dos animais serão removidas do Airbnb.

    Animais selvagens na natureza

    O Airbnb não permite experiências que envolvam contato direto intencional com animais selvagens na natureza, incluindo, mas não se limitando a: acariciar, alimentar ou montar animais, exceto por algumas Experiências de Impacto Social nas quais a organização sem fins lucrativos validada está realizando pesquisas de conservação.

    Animais em cativeiro

    Princípios relativos ao bem-estar dos animais

    O bem-estar dos animais é avaliado pela aptidão física e pelo senso de bem-estar deles. Os anfitriões do Airbnb assumem o compromisso de que suas experiências buscam garantir a mais alta qualidade de vida para os animais envolvidos, usando os princípios norteadores do bem-estar animal, as Cinco Liberdades:

    • Estar livre de fome e sede, com acesso a água doce e uma dieta adequada para manter uma saúde integral
    • Estar livre de desconforto, com um ambiente apropriado, incluindo abrigo e uma área de descanso confortável
    • Estar livre de dores, doenças e lesões, sendo bem tratados e com acesso imediato a cuidados veterinários
    • Ter liberdade para expressar seus comportamentos naturais, com espaço suficiente, instalações adequadas e a companhia da própria espécie
    • Estar livre de medo e de angústia, com condições e tratamento que evitem sofrimento mental

    Resgates e santuários

    Há muitos lugares que podem se chamar de resgates e santuários, mas que nem sempre operam pensando no interesse dos animais. O Airbnb não permite que santuários hospedem experiências se:

    • Usarem animais selvagens para interações diretas com viajantes, ou em apresentações ou espetáculos
    • Comprarem ou venderem animais selvagens ou produtos derivados deles
    • Criarem animais selvagens ou híbridos selvagens, a menos que façam parte de um programa de reprodução reconhecido oficialmente, no qual os animais estejam sendo devolvidos à natureza de forma responsável

    Há exceções para algumas Experiências de Impacto Social nas quais uma organização sem fins lucrativos validada esteja realizando reabilitação ou readaptação ao ecossistema original.

    Animais domésticos e de criação

    Animais domésticos devem receber abrigo, cuidados, alimentos e água adequados. Qualquer condição que prejudique o bem-estar deles, conforme descrito nas Cinco Liberdades acima, deve ser abordada prontamente.

    Ao interagir com animais de trabalho (ex: cavalos, mulas, iaques, camelos e burros):

    • Nunca sobrecarregue um animal de trabalho (ex: não carregue mais do que um cavaleiro por animal e nunca mais do que 20% do peso corporal do animal)
    • Nunca faça um animal trabalhar demais (ex: não monte em condições meteorológicas extremas)
    • Não é permitido uso de carruagem ou carroça de trabalho em um ambiente urbano
    • Os olhos do animal devem estar atentos e claros

    Ao interagir com animais domésticos:

    • O manuseio adequado dá a liberdade para o animal se liberar do contato direto quando quiser
    • Os viajantes não devem alimentar animais domésticos soltos ou em liberdade, a menos que isso seja parte de uma Experiência de Impacto Social em que uma organização sem fins lucrativos validada resgata animais abandonados

    Zoológicos e aquários

    Somente zoológicos e aquários reconhecidos pela Associação de Zoológicos e Aquários (AZA) e pela Associação Mundial de Zoológicos e Aquários (WAZA) podem hospedar uma experiência. O Airbnb não permite contato direto ou shows com animais selvagens, mesmo nestes casos.

    Trenó puxado por cães

    O bem-estar dos animais não deve ser comprometido quando se trata de trenós puxados por cães. Para isso, os cães devem ser manuseados de forma humana, estar fisicamente aptos e treinados para a atividade, e ter condições adequadas de abrigo que os protejam de condições climáticas variáveis.

    Cães de trenó devem ser socializados adequadamente para incentivar o comportamento apropriado em relação aos seres humanos e outros animais. A eutanásia não deve ser utilizada como meio de controle populacional para cães de trenó saudáveis e que podem ser encaminhados para outro lar.

    Atividades proibidas

    O Airbnb proíbe atividades que causam danos aos animais, incluindo, mas não se limitando a:

    Interações com elefantes

    O Airbnb não permite experiências em que os hóspedes montem, deem banho ou alimentem elefantes.

    Essas atividades podem parecer inofensivas, mas elefantes em cativeiro passam por um processo de treinamento estressante para poder interagir com seres humanos. Muitas vezes, os elefantes são presos, cutucados com aguilhões e levados à exaustão. O Airbnb procura promover experiências com elefantes éticas que se comprometem com um alto padrão de bem-estar e conservação dos elefantes.

    Interações com grandes felinos

    O Airbnb não permite experiências que envolvam interações diretas com grandes felinos. Atividades como passear com grandes felinos, acariciar seus filhotes e tirar selfies com eles promovem o mau tratamento animal e são proibidas.

    Animais selvagens em restaurantes, cafés e locais de entretenimento

    O Airbnb não permite experiências envolvendo animais selvagens que se apresentem para fins de entretenimento. Isso inclui, entre outros, apresentações de golfinhos, ursos andando de bicicleta, espetáculos de encantamento de cobras, tigres em cativeiro em restaurantes, parques com jacarés e crocodilos, circos, parques de diversão com animais, zoológicos itinerantes com animais e cafés exóticos para animais de estimação.

    Mamíferos marinhos em cativeiro

    O Airbnb não permite experiências que envolvam mamíferos marinhos em cativeiro, exceto em algumas atividades de resgate ou reabilitação realizadas por uma Experiência de Impacto Social validada. É antinatural e prejudicial para mamíferos marinhos como golfinhos, baleias, leões marinhos e ursos polares serem mantidos em cativeiro para fins de entretenimento.

    Produtos de animais selvagens

    O Airbnb não permite experiências que envolvam a compra ou consumo de produtos de animais selvagens. Isso inclui a compra de lembranças e produtos como cascos de tartaruga, peles, chifres, escamas e marfim, e produtos alimentícios como sopa de barbatana de tubarão, sopa de tartaruga, carne de baleia, bílis de urso, café de jacu, carne de caça, sangue de cobra e vinho de ossos de tigre.

    Eventos esportivos

    O Airbnb não permite experiências que envolvam determinados esportes em que os animais possam ser prejudicados ou sobrecarregados. Isso inclui, entre outros, qualquer tipo de caça esportiva, touradas e corridas com touros, iscas para ursos, brigas de galos, polo com elefantes, rodeios, corridas de galgos, corridas de trenó puxado por cães, corrida de cavalos e pólo com cavalos.

    Viagem responsável

    Incentivamos anfitriões e hóspedes a pensarem cuidadosamente sobre seu papel e responsabilidade em garantir o bem-estar dos animais. Além dos requisitos acima, confira aqui algumas coisas que devem ser levadas em conta:

    Selfies e animais como adereços de foto

    Não tire fotos às custas de um animal selvagem, mesmo em cativeiro. O Airbnb proíbe experiências onde há contato direto com animais selvagens ou onde animais selvagens fiquem presos para tirar fotos.

    Animais selvagens de todas as formas e tamanhos

    Existem animais selvagens de todas as formas e tamanhos, de tigres e ursos a preguiças e coalas. Encontros responsáveis com animais selvagens implicam manter uma distância segura e respeitosa, não perseguir os animais, reduzir o ruído ao mínimo e não deixar resíduos para trás.

    Treinamento negativo

    O treinamento de animais deve ser baseado em recompensas. É proibido usar reforço negativo no treinamento, como punições e castigos. Isso inclui, entre outros, drogar o animal, acorrentá-lo, fazê-lo passar fome ou cutucá-lo com varas.

    Conduta para além da experiência específica

    Ser um anfitrião responsável vai além da experiência em nossa plataforma. O Airbnb não permitirá anfitriões cujos negócios ou serviços mais amplos não estejam em conformidade com essas diretrizes.

    As experiências que violem essas diretrizes, ameacem a segurança de nossos anfitriões ou hóspedes ou arrisquem o bem-estar e/ou a conservação dos animais serão removidas da plataforma. Estas diretrizes podem ser atualizadas periodicamente, portanto não deixe de verificá-las regularmente. Observação: estas diretrizes excluem a pesca de peixes, caranguejos, mariscos e atividades similares.

    Para todas as experiências, o Airbnb oferece suporte comunitário 24h. Se você encontrar uma experiência que viole as Diretrizes de Bem-Estar Animal, ameace a segurança de nossos anfitriões ou hóspedes ou arrisque o bem-estar e/ou a conservação dos animais, entre em contato conosco. Se aplicável, anote a data, hora e local, assim como o tipo de animais envolvidos na experiência.

    Última Atualização: 18 de setembro de 2019