Navegue para frente para acessar os resultados sugeridos

    Eu ou meus colegas de viagem temos uma alergia alimentar: o que devo fazer se quiser participar de uma experiência do Airbnb que envolve comida?

    Este conteúdo foi criado pelo Airbnb e está de acordo com padrões técnicos de segurança alimentar da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS).

    Experiências que envolvem comida são ótimas para aprender algo novo. Embora as alergias alimentares não devam impedir que você ou seus colegas de viagem participem das experiências, existem coisas importantes a serem consideradas para garantir que você possa aproveitar com segurança as experiências que envolvem comida.

    • Sempre avise aos anfitriões sobre possíveis alergias alimentares. Assim, é possível conversar e encontrar uma maneira de alterar o menu da experiência, se necessário.
    • Não se limite a perguntar o que é usado ou espere que todos os ingredientes estejam detalhados no menu do anúncio — deixe claro que você ou seus colegas de viagem têm uma alergia. É muito importante que o anfitrião esteja ciente de uma alergia, pois isso afeta outras etapas da experiência, como preparar e servir a comida.
    • Envie uma mensagem ao anfitrião para discutir ingredientes específicos e o risco de contaminação cruzada durante o armazenamento, preparação, cozimento e serviço da comida.
    • Ao chegar à experiência, relembre o anfitrião sobre a alergia alimentar. Também certifique-se de que todas as pessoas que oferecem a experiência e/ou preparam e servem a comida conheçam os detalhes da alergia e saibam como prevenir a contaminação cruzada.
    • Fique de olho — mesmo que você ou seus colegas de viagem tenham todo o cuidado para se precaver ou se sintam seguros em uma determinada experiência, acidentes acontecem. Tenha sempre uma autoinjetor de epinefrina e todos os medicamentos adicionais prescritos por um médico. Também considere usar uma identificação médica, como uma pulseira ou outras joias.
    • Se você ou seus colegas de viagem devem usar autoinjetor de epinefrina por ordem médica e não o tiverem durante a experiência, não devem comer. Estudos mostram que a administração imediata de um autoinjetor de adrenalina é o tratamento inicial para anafilaxia.
    • Esteja ciente da quantidade de álcool consumido, pois isso pode prejudicar o julgamento sobre as escolhas alimentares apropriadas, bem como os cuidados em uma emergência caso ocorra alguma reação.

    É importante ter em mente que você deve assumir a responsabilidade por seus colegas de viagem. Desse modo, se alguém em seu grupo não estiver confiante de que a comida é segura, evite comê-la.

    Você recebeu a ajuda necessária?