Pular para o conteúdo
Use as teclas de setas para cima e para baixo para navegar pelas sugestões.
Pular para o conteúdo da ajuda principal

Como funciona a tributação para os hóspedes?

Em algumas situações o hóspede do Airbnb precisará pagar imposto.

Alguns anfitriões são obrigados por suas leis e regulamentações locais a cobrar um determinado imposto. Recomendamos que esses anfitriões incluam esse imposto no valor total da reserva, mas alguns deles exigem que o imposto seja pago diretamente a eles no momento do check-in. Pedimos que os anfitriões expliquem eventuais impostos que precisem recolher na descrição de seus anúncios e ao se comunicar com os hóspedes, antes que a reserva seja feita.

Em algumas localidades, o Airbnb fez acordos com governantes para recolher e repassar alguns impostos locais em nome dos anfitriões. Os impostos variam e, dependendo das leis locais, podem incluir cálculos baseados em um valor fixo ou percentual, número de hóspedes, número de noites ou tipo de propriedade reservada. Ao reservar uma acomodação em uma dessas localidades, os impostos locais recolhidos serão exibidos automaticamente no momento do pagamento e aparecerão em seu recibo depois que a reserva for confirmada.

Além disso, o Airbnb é obrigado a recolher o IVA ou equivalente ao IVA (por exemplo, o Imposto Sobre Consumo do Japão) sobre suas taxas de serviço em países com incidência de impostos sobre Serviços Fornecidos Eletronicamente. Atualmente, isso inclui todos os países da União Europeia, Suíça, Noruega, Islândia, África do Sul, Japão e Albânia.

O Airbnb também é obrigado a recolher IVA sobre suas taxas de serviço de todos os usuários que firmarem contrato com o Airbnb China.

Saiba mais sobre o Imposto Sobre Valor Agregado.