Navegue para frente para acessar os resultados sugeridos

    Como ganhar dinheiro no Airbnb

    Receba dicas de anfitriões sobre como anunciar seu espaço e ganhar dinheiro no Airbnb.
    Por Airbnb em 23 de out. de 2020
    Leitura de 5 minutos
    Atualizado em 9 de dez. de 2021

    Destaques

    Se você, ou alguém que você conhece, tem um quarto extra, uma segunda casa ou um apartamento para alugar enquanto estiver fora da cidade, o Airbnb faz com que anunciar seu espaço e se conectar com pessoas do mundo todo seja fácil. Mas como você ganha dinheiro no Airbnb?

    1. Comece anunciando seu espaço — é de graça, e o Airbnb fica apenas com uma pequena percentagem do seu preço por noite
    2. Escolha que tipo de anfitrião você quer ser (leia mais sobre isso abaixo)
    3. Decida quanto você quer cobrar

    Ainda não tem certeza se hospedar é ideal para você? Estes cinco anfitriões compartilham o que a hospedagem significa para eles e dão algumas dicas importantes.

    Elise: a anfitriã ocasional

    Como fotógrafa de sucesso e proprietária de pequenas empresas em Atlanta, a Superhost Elise estava à procura de um novo empreendimento criativo. Hospedar sua microcasa ocasionalmente se tornou uma maneira de satisfazer esse desejo e ao mesmo tempo ganhar dinheiro para sustentá-lo.

    Quando Elise e o marido não estão aproveitando a casinha na floresta, recebem hóspedes no espaço aconchegante. A microcasa é agora outra maneira de o casal ganhar dinheiro, que usam para investir em viagens e em uma segunda microcasa.

    Hospedar é libertador de uma forma muito interessante. É financeiramente libertador.
    Superhost Elise,
    Atlanta

    Dicas de hospedagem da Elise:

    • Você só precisa dar o primeiro passo. Nunca estará 100% pronto, mas anunciar seu espaço é de graça
    • Reduza os custos pedindo a amigos e familiares que compartilhem suas habilidades, talvez para consertar uma torneira com vazamento ou ajudar a decorar o ambiente
    • Encontre alguém que possa ajudar você a lidar com os check-ins se não morar perto do seu espaço

    Shinya: o anfitrião de meio período

    Para Shinya, membro do Conselho Consultivo de Anfitriões e Superhost de meio período em Osaka, Japão, hospedar é uma pausa bem-vinda do seu trabalho em tempo integral como diretor dos negócios de fibras naturais da família.

    "Hospedar é revigorante!", diz Shinya. "As hospedagens permitem que eu me conecte com pessoas do mundo inteiro, o que não é algo que eu possa fazer no trabalho."

    Shinya começou a hospedar em 2016 depois de reformar uma segunda casa da família. A casa fica na mesma propriedade que a dele, o que facilita a preparação do espaço entre as estadias dos hóspedes, equilibrando suas responsabilidades no escritório.

    "Passo meu tempo livre após o trabalho respondendo aos hóspedes e garantindo que eles tenham tudo o que precisam", afirma Shinya. "É importante que os hóspedes se sintam cuidados, e fazer isso me traz muita alegria."

    Dicas de hospedagem do Shinya:

    Starr: a anfitriã em tempo integral

    Exausta de ter que equilibrar a maternidade e a carreira agitada em finanças e imóveis, a Superhost Starr de Charlotte, Carolina do Norte, queria mudar de vida. Depois de buscar continuamente por fins de semana relaxantes em um retiro local, Starr e seu marido, Brian, se perguntaram: "Podemos criar um lugar assim?"

    Aproveitando a experiência que ganharam com os anos que passaram trabalhando juntos em reformas de casas e na venda de imóveis reformados, o casal se arriscou e anunciou uma de suas propriedades no Airbnb. Hoje, eles têm cinco acomodações anunciadas na região de Charlotte, como parte de seu hotel boutique e espaço de retiro, o Old Haigler Inn.

    Starr finalmente conseguiu deixar seu emprego nas finanças para se dedicar ao negócio de hospedagem. "Adoro saber que estou fornecendo às famílias um lugar onde elas possam se conectar", afirma Starr sobre seu negócio em crescimento.

    Hospedar em tempo integral é um trabalho árduo, mas também é muito gratificante.
    Superhost Starr,
    Charlotte, Carolina do Norte, Estados Unidos

    Dicas de hospedagem da Starr:

    • Como o valor que você cobra depende só de você, comece com um preço mais baixo e vá aumentando assim que receber algumas avaliações positivas
    • Faça uma busca e descubra o que outros anfitriões cobram na sua região
    • Calcule o custo para preparar seu espaço entre as estadias dos hóspedes e adicione taxas de acordo

    Parth: o coanfitrião

    "Sempre quis hospedar viajantes e mostrar a cidade a eles, então pensei: por que não dar uma chance ao Airbnb?" conta o anfitrião Parth de Kaunas, na Lituânia. "Meu apartamento fica em uma ótima localização e tenho um quarto de hóspedes."

    Parth amava tanto a experiência que, quando um amigo perguntou se ele seria seu coanfitrião em várias propriedades, não pensou duas vezes para concordar. "Meu horário de trabalho é muito flexível, então, sempre que preciso, posso cuidar das minhas responsabilidades de coanfitrião, seja gerenciando os profissionais de limpeza ou interagindo com os hóspedes", afirma ele.

    A co-hospedagem é onde Parth concentra toda sua energia agora: ele não anuncia mais seu próprio espaço e é grato por essa oportunidade. "Conheço muitas pessoas incríveis através do Airbnb", afirma ele. "Estou sempre dizendo às pessoas que elas não precisam anunciar seu próprio espaço para se tornar parte da comunidade de anfitriões."

    Dicas de hospedagem do Parth:

    • Escreva uma descrição do anúncio honesta para definir expectativas corretas e ajudar a garantir ótimas avaliações
    • Peça ajuda a profissionais especializados em impostos e regulamentos locais
    • Selecione uma forma de pagamento para receber seus pagamentos (o Airbnb o envia 24h após o horário programado para o check-in dos hóspedes, mas pode levar até 7 dias para você recebê-lo, dependendo da forma de pagamento que selecionou e de onde mora)

    Burt: o anfitrião de experiência

    Você não precisa anunciar um espaço físico para se tornar anfitrião no Airbnb. Pessoas no mundo inteiro estão se juntando à comunidade do Airbnb como anfitriões de experiências. Não oferecem aos hóspedes um lugar para ficar — hospedam atividades divertidas e envolventes que oferecem aos viajantes uma imersão na cultura local.

    "Minha experiência é a 'Realize um projeto musical com um ganhador do Grammy'", diz Burt. "Realizo sessões individuais no meu estúdio de música, onde ajudo as pessoas a aprimorar suas habilidades de produção e engenharia musical, estilo de rap, habilidades de cantor/compositor, destreza em DJ e muito mais."

    Para Burt, ser anfitrião de uma experiência permite que ele ajude outras pessoas a promover seu potencial criativo enquanto aumenta sua renda.

    "Oferecer suas atividades no Airbnb é muito parecido com administrar seu próprio negócio", afirma Burt. "Normalmente, quando você começa um negócio, tem que conseguir uma licença comercial, um empréstimo ou ter algum capital — e isso pode ser limitante para muitas pessoas. No entanto, no Airbnb você pode começar com uma ideia e dez dólares."

    Quer saber mais sobre como ganhar dinheiro como anfitrião no Airbnb?

    Destaques

    Airbnb
    23 de out. de 2020
    Essa informação foi útil?