Navegue para frente para acessar os resultados sugeridos

    O que você precisa saber sobre a segurança relacionada ao monóxido de carbono

    Instale um detector de monóxido de carbono e atualize seu anúncio para informar isso aos hóspedes.
    Por Airbnb em 29 de mar. de 2022
    Leitura de 4 minutos
    Atualizado em 29 de mar. de 2022

    Destaques

    Sabemos como você leva a sério o conforto e a segurança dos seus hóspedes. Embora existam muitas considerações importantes de segurança a serem lembradas em relação às hospedagens, queremos destacar algumas etapas práticas que você pode realizar para garantir a segurança em casos de vazamentos de monóxido de carbono e incêndios

    A exposição ao monóxido de carbono é uma causa comum de intoxicação fatal em todo o mundo. Por exemplo, de acordo com o CDC, o monóxido de carbono é a principal causa de mortes por intoxicação acidental nos Estados Unidos. Como anfitrião, é importante que você tome medidas para manter os hóspedes seguros no seu espaço. Com isso em mente, recomendamos que você:
    1. Instale detectores de monóxido de carbono
    2. Atualize o seu anúncio para indicar se tem ou não um detector de monóxido de carbono, ou caso não precise deles porque o seu espaço não tem aparelhos de queima de combustível ou outros fatores de risco.

    Confira o que você precisa saber sobre a segurança relacionada à intoxicação por monóxido de carbono e como informar os hóspedes sobre as medidas que você tomou para detectar esse risco no seu espaço.

    O que é monóxido de carbono?

    O monóxido de carbono é um gás incolor, inodoro e tóxico. Ele pode ser produzido por eletrodomésticos comuns que queimam combustível, como fornos, fogões ou aquecedores de água, por isso é importante que todos os anfitriões entendam os riscos de intoxicação por monóxido de carbono.

    Altos níveis de exposição ao monóxido de carbono podem ser fatais, e é impossível detectá-los sem um detector de monóxido de carbono. Ao instalar detectores de monóxido de carbono no seu espaço, os hóspedes podem ser alertados se os níveis estão acima do limite de segurança.

    Como reduzir o risco de intoxicação por monóxido de carbono

    Com a educação certa e medidas de precaução simples, os incidentes relacionados ao monóxido de carbono podem ser evitados. Você deve instalar detectores de monóxido de carbono se o seu espaço tiver algum dos itens a seguir:*

    • Aparelhos (por exemplo, fogão, forno ou secadora de roupas) que funcionam com algum destes combustíveis domésticos padrão:
      • Carvão
      • Lenha
      • Propano
      • Gasolina
      • Gás natural
      • Querosene
      • Óleo
      • Metano
    • Lareira a lenha
    • Garagem anexa
    • Gerador perto das aberturas de portas ou janelas
    • Grelhas a carvão ou gás perto de uma janela no lado de fora

    Saiba que os detectores de fumaça não funcionam como os detectores de monóxido de carbono, e vice-versa. No entanto, detectores de fumaça que também são detectores de monóxido de carbono são fáceis de encontrar. A instalação de um detector de fumaça que também monitora monóxido de carbono é simples e pode salvar vidas.

    Além disso, pode ser útil criar uma checklist para manter a organização em relação às questões de segurança.

    Confira aqui algumas etapas que você pode seguir para prevenir incidentes com monóxido de carbono:

    1. Instale detectores de monóxido de carbono em pleno funcionamento no seu espaço. Especialistas como a International Fire Chief Association e a National Fire Protection Association recomendam instalar um detector em cada andar e fora de cada quarto para garantir que os hóspedes possam ouvir os alarmes dos detectores quando estão dormindo.
    2. Teste os detectores todos os meses para garantir que eles estejam funcionando bem. As baterias precisam ser substituídas a cada um, cinco ou dez anos, dependendo da recomendação do fabricante. Verifique a data de fabricação na parte de trás do detector e o guia de recomendações.
    3. Certifique-se de que todos os aparelhos do seu espaço estejam instalados de acordo com as instruções do fabricante e os códigos de construção locais. A maioria dos aparelhos de queima de combustível deve ser instalada por profissionais.
    4. Inspecione e limpe todos os equipamentos de queima de combustível limpos regularmente, como fornos, fogões, secadoras, lareiras ou dutos de ventilação. Isso ajuda a garantir que tudo esteja funcionando corretamente, tenha a ventilação certa e não tenha conexões inadequadas, rachaduras, ferrugem ou manchas.
    5. Abra totalmente os abafadores ou dutos de ventilação ao usar uma lareira ou outro dispositivo de aquecimento a lenha ou pellet. Não feche as saídas de fumaça até que o fogo esteja completamente apagado.
    6. Confira se os dutos de exaustão ou dutos de aparelhos como aquecedores de água, fogões e secadoras de roupas estão sempre abertos e desobstruídos.
    7. Forneça instruções de utilização claras aos hóspedes se oferecer comodidades como geradores, grelhas ou aquecedores de água para garantir que eles sejam mantidos a uma distância segura de janelas abertas.
    8. Forneça aos hóspedes os números de telefone do corpo de bombeiros, da polícia e de hospitais próximos caso precisem em uma emergência.

    Confira mais detalhes sobre segurança relacionada ao monóxido de carbono nos materiais didáticos da International Association of Fire Chiefs e da National Fire Protection Association.

    Mostre aos hóspedes que você se importa

    Indicar que você tem detectores de monóxido de carbono e detectores de fumaça na acomodação mostra aos hóspedes que você se preocupa com o bem-estar deles.

    Você pode atualizar essas informações acessando Dispositivos de segurança na seção de segurança do hóspede do anúncio. Se o seu espaço não necessita de detector de monóxido de carbono porque não há aparelhos de queima de combustível ou não existe outros fatores de risco, você pode marcar uma caixa para informar isso aos hóspedes.

    Os hóspedes também podem usar filtros para encontrar anúncios de acomodações com detectores de monóxido de carbono e detectores de fumaça. Então, manter as informações de segurança do anúncio atualizadas pode atrair mais hóspedes. Se você não tiver detectores de fumaça ou de monóxido de carbono, isso é indicado na página do anúncio e nos emails enviados aos hóspedes antes da estadia.

    Queremos recompensar o esforço que anfitriões como você fazem todos os dias para manter os hóspedes seguros e confortáveis, e agradecemos sua ajuda enquanto trabalhamos para melhorar a segurança da comunidade do Airbnb.

    *Essa lista serve como um guia e não deve ser entendida como abrangente. Recomendamos que você leve em consideração todas as características exclusivas de suas acomodações e consulte as leis locais e especialistas em incêndio para garantir a máxima proteção.

    As informações presentes neste artigo podem ter mudado desde a publicação.

    Destaques

    Airbnb
    29 de mar. de 2022
    Essa informação foi útil?