Pular para o conteúdo

Paraty: os melhores parques

Parque
“O Saco do Mamanguá é um desses locais que, ao se visitar, se tem a sensação de que o tempo deveria parar e que tudo deveria permanecer exatamente assim, com sua beleza sem igual. O Saco do Mamanguá é uma entrada de mar com 8 km de extensão e 2 km de largura. Possui 33 praias e 8 comunidades caiçaras. O fundo do Mamanguá tem uma belíssima área de mangue super preservada. A biodiversidade do local realmente impressiona. Muitas espécies de árvores, bromélias, flores podem ser vistas. No mangue, podem ser vistos facilmente diversos pássaros e caranguejos. Para se chegar ao Saco do Mamanguá pode-se ir de barco, saindo de Paraty-Mirim, ou por trilha (para quem está com bom condicionamento físico)”
5recomendações locais
Parque
“Em torno da da praça concentrasse a maior parte dos bares e restaurantes do centro histórico. E também onde os palcos em dias de festivais ficam montados”
2recomendações locais
Waterfall
“Umas das diversas cachoeiras de Paraty, com águas fresquinhas e de fácil acesso a carro. Recomendamos sempre a compania de um guia local, devido as pedras escorregadias e caminhos as vezes com possibilidade de animais silvestre.”
2recomendações locais
Parque
1recomendações locais
Parque
2recomendações locais
Outros "Vida ao Ar Livre"
1recomendações locais
Nature Preserve
“Uma linda cachoeira com várias quedas enormes. Trilha de cerca de duas horas em meio a mata. Contrate um guia e viva essa experiência incrível!”
1recomendações locais
Parque
“Ótimo lugar para tirar fotos, fazer piqueniques e apreciar a paisagem da baía de paraty.”
1recomendações locais
Parque
“Bela cidade colonial, considerada Patrimônio Histórico Nacional, preserva até hoje os seus inúmeros encantos naturais e arquitetônicos. Está situada à 120km de Garatucaia, a 2h de viagem. Durante o circuito da cachaça, os Restaurantes de Paraty servem pratos e drinks com o destilado nas receitas, mostrando que a cachaça também pode ser um produto gourmet. A gastronomia da cidade está com tudo durante o Festival da Pinga! A inspiração dos cardápios vem da gastronomia sustentável, com a utilização de produtos locais e valorização das receitas regionais.”
1recomendações locais