Aluguéis por temporada em Mogi das Cruzes

Encontre e reserve acomodações únicas no Airbnb

1 de 3 páginas
1 de 3 páginas

Comodidades populares em locações por temporada em Mogi das Cruzes

Seu guia para Mogi das Cruzes

Introdução

Mogi das Cruzes é uma cidade histórica, sendo o local onde se hospedou o então príncipe regente Dom Pedro logo após a proclamação da independência do Brasil. Além da riqueza cultural, é um destino muito procurado pelos amantes da natureza. Localizada a apenas 50 km da cidade de São Paulo e um ponto de parada a caminho do litoral, Mogi das Cruzes é cortada pela Serra do Mar e pela Serra do Itapeti, oferecendo diversas atrações naturais, como parques e trilhas, no coração da exuberante Mata Atlântica. Outra opção local é o agriturismo, atividade ideal para levar as crianças, onde diversas propriedades permitem que os visitantes interajam com animais e colham frutas frescas.


O melhor momento para ficar em um aluguel de férias em Mogi das Cruzes

Com clima agradável durante todo o ano, Mogi conta com várias opções de aluguel para temporada. A temperatura varia entre 12ºC e 28ºC, sendo julho o mês mais frio, com uma média de 11ºC, e fevereiro o mês mais quente, com uma média de 20ºC. Para aproveitar atividades ao ar livre com maior probabilidade de dias claros e sem chuva, o período ideal vai de abril a junho e de agosto a meio de setembro. Se você gosta de mergulhar e curtir dias mais quentes, prefira visitar a cidade do início de fevereiro ao fim de abril, ou do início de dezembro ao início de janeiro.


As melhores coisas para fazer em Mogi das Cruzes

Parque Natural Municipal Francisco Affonso de Mello

Considerado uma referência para pesquisadores e importante centro de educação ambiental, o parque é um grande viveiro da flora e fauna nativas da Mata Atlântica. É possível agendar visitas guiadas para explorar os 350 hectares de sua riquíssima biodiversidade.

Parque Centenário

Inaugurado em homenagem aos 100 anos da imigração japonesa no Brasil, o parque contém diversos elementos característicos dessa cultura, tais como pontes flutuantes, pórticos e jardins ornamentais. Localizado dentro de uma área de proteção ambiental, abriga diferentes espécies de árvores nativas, como paineiras e ipês, além das cerejeiras, árvore símbolo do Japão. Inúmeras aves silvestres e micos-estrela são vistos com frequência em diversos pontos do parque.

Parque das Neblinas

O parque foi reconhecido pelo programa Homem e Biosfera, da Unesco. Além das trilhas exuberantes e uma passarela suspensa com 100 metros de extensão, suas corredeiras permitem a prática da canoagem. É necessário fazer reserva com uma semana de antecedência.

  1. Airbnb
  2. Brasil
  3. São Paulo
  4. Mogi das Cruzes