Pular para o conteúdo
    Navegue para frente para acessar os resultados sugeridos
    Seu hóspede ou anfitrião pode ter COVID-19. E agora?

    Seu hóspede ou anfitrião pode ter COVID-19. E agora?

    Saiba com quem entrar em contato, como o Airbnb pode ajudar e muito mais.
    Por Airbnb em 1 de abr. de 2020
    Leitura de 7 minutos
    Atualizado em 3 de abr. de 2020

    Sabemos que este é um período confuso. Para ajudar a manter nossa comunidade segura, queremos compartilhar o que você deve fazer se for um hóspede ou anfitrião que esteja com sintomas do coronavírus (COVID-19) ou tenha confirmado que contraiu a doença. Temos também informações úteis para os viajantes que querem saber se os anfitriões estão levando as precauções de segurança a sério e estão limpando suas acomodações de acordo com as diretrizes recentes dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC).

    Os anfitriões e os hóspedes estão ansiosos para saber o que fazer se forem expostos ao coronavírus em um espaço anunciado no Airbnb, e queremos que você tenha tranquilidade para continuar hospedando e buscando acomodações com segurança. Seja você anfitrião ou hóspede, descrevemos as medidas que você pode tomar se você ou alguém que teve contato com o espaço tenha suspeita — ou confirmação — de que contraiu a COVID-19.

    Se você estiver hospedando pessoas combatendo a COVID-19 como parte do programa Acomodações na Linha de Frente ou for uma dessas pessoas e está hospedada com um anfitrião do Airbnb, estas orientações ainda se aplicam. Obtenha mais informações sobre o programa Acomodações na Linha de Frenteaqui.

    Se você for um anfitrião que pode ter contraído a COVID-19

    Saiba o que fazer se, nos últimos 14 dias , você não entrou no seu espaço nem teve contato próximo com hóspedes ou com outras pessoas que entraram em contato com seus hóspedes ou seu espaço:

    1. Obtenha o atendimento médico necessário.
    2. Entre em contato com as autoridades de saúde locais e certifique-se de fornecer nossas informações de contato de aplicação da lei para que elas possam entrar em contato conosco e obter assistência.
    3. Entre em contato com o Airbnb para nos informar sobre a situação e podermos ajudar.
    4. Se você quiser cancelar reservas programadas porque está doente, provavelmente será elegível para cancelamento sem custos de acordo com nossa Política de Causas de Força Maior.
    5. Se você quiser continuar hospedando normalmente, certifique-se de ficar longe do seu espaço e dos hóspedes. Além disso, delegue a limpeza e outras tarefas de rotina a alguém que não tenha tido contato físico com você nem com outra pessoa que possa ter contraído a COVID-19.
    6. Para os Superhosts, os cancelamentos nessas circunstâncias não afetarão a taxa de cancelamento de 1% necessária para manter o status de Superhost. Saiba mais
    7. Para ajudar a reduzir a propagação da infecção, sua conta do Airbnb será restrita e você não poderá fazer reservas no Airbnb para si mesmo durante esse período.

    Saiba o que fazer se você compartilhou seu espaço e/ou teve contato próximo com seus hóspedes, ou com outras pessoas que entraram em contato com seus hóspedes ou seu espaço nos últimos 14 dias:

    1. Obtenha o atendimento médico necessário.
    2. Entre em contato com as autoridades de saúde locais e certifique-se de fornecer nossas informações de contato de aplicação da lei para que elas possam entrar em contato conosco e obter ajuda.
    3. Entre em contato com o Airbnb para nos informar sobre a situação e podermos ajudar.
    4. Se você tiver uma reserva ativa com hóspedes no seu espaço no momento do seu diagnóstico, é essencial isolar-se imediatamente e informar aos seus hóspedes sobre isso para que possam tomar medidas para se protegerem.
    5. Para dar tempo para você se recuperar e ajudar a proteger hóspedes futuros, sua conta do Airbnb e as propriedades afetadas ficarão restritas por pelo menos 2 semanas. Isso significa que você não poderá aceitar novas reservas nem fazer reservas no Airbnb para si mesmo durante esse período.
    6. Tomaremos também a precaução de cancelar suas reservas programadas para as propriedades afetadas até que você possa hospedar novamente e seu espaço esteja seguro. Você será elegível para cancelamentos sem custos, de acordo com nossa Política de Causas de Força Maior.
    7. Sua conta será restabelecida depois que o Airbnb receber uma confirmação válida de que você pode hospedar novamente. Em toda as comunicações conosco, evite fornecer dados confidenciais e informações relacionadas à saúde (como atestados médicos).
    8. Antes de poder hospedar novamente, exigimos que o seu espaço seja completamente limpo de acordo com as nossas diretrizes mais recentes. Entre em contato com nossa equipe para obter mais informações e guarde todas as notas fiscais para que possamos analisá-las e confirmá-las.
    9. Para os Superhosts, os cancelamentos nessas circunstâncias não afetarão a taxa de cancelamento de 1% necessária para manter o status de Superhost. Saiba mais

    Observação: se um coanfitrião, faxineiro ou outra pessoa que ajude na manutenção do seu espaço tiver confirmado que está com a COVID-19 e teve contato com seus hóspedes ou seu espaço, siga as mesmas etapas descritas acima.

    Se você recebeu um hóspede que pode ter contraído a COVID-19

    Saiba o que você deve fazer se seu hóspede atual ou um hóspede anterior suspeitar que contraiu a COVID-19, ou se o teste deles deu positivo para a doença:

    1. Peça ao seu hóspede para seguir as etapas descritas abaixo na seção de hóspedes com base na situação dele.
    2. Por favor, certifique-se de que você e seu hóspede entrem em contato com as autoridades de saúde locais. Forneça nossas informações de contato de aplicação da lei para que as autoridades possam entrar em contato conosco para obter ajuda.
    3. Entre em contato com o Airbnb para nos informar sobre a situação e nós podermos ajudar.
    4. Seu anúncio será desativado e as reservas programadas serão canceladas. Você será elegível para cancelamento de reservas programadas sem custos, de acordo com nossa Política de Causas de Força Maior. Os cancelamentos realizados nestas circunstâncias não afetarão a taxa de cancelamento de 1% necessária para manter o status de Superhost. Saiba mais
    5. Assim que for seguro para seu hóspede sair de sua propriedade, exigimos que seu espaço seja cuidadosamente limpo, de acordo com nossas últimas diretrizes. Entre em contato com nossa equipe para obter mais informações e guarde todas as notas fiscais, para que possamos analisá-las e confirmá-las.
    6. Se você não tiver tido nenhum contato direto com o hóspede ou o espaço afetado, ou com qualquer pessoa que tenha tido tal contato, você ainda poderá hospedar em outros locais não afetados pela COVID-19 e fazer reservas para si mesmo como hóspede.

    Observação: Se você compartilhou seu espaço e/ou teve contato próximo com seu hóspede nos últimos 14 dias, consulte nossas diretrizes acima para saber o que os anfitriões com suspeita de COVID-19 devem fazer.

    Se você for um hóspede que pode ter contraído a COVID-19

    Saiba o que você deve fazer se for um viajante que está hospedado atualmente ou se hospedou recentemente em uma propriedade anunciada no Airbnb:

    1. Obtenha o atendimento médico necessário.
    2. Entre em contato com as autoridades de saúde locais e certifique-se de fornecer nossas informações de contato de aplicação da lei para que elas possam entrar em contato conosco e obter ajuda.
    3. Entre em contato com o Airbnb para nos informar sobre a situação e podermos ajudar. Entre em contato com seu anfitrião para informá-lo, para que ele possa tomar as medidas adequadas.
    4. Para ajudar a reduzir a propagação da infecção, sua conta do Airbnb ficará restrita até que o Airbnb receba uma confirmação válida de que você pode viajar novamente. Em todas as comunicações conosco, evite fornecer dados confidenciais e informações relacionadas à saúde (como atestados médicos).

    Saiba o que você deve fazer se for um hóspede que tem reservas programadas:

    1. Obtenha o atendimento médico necessário e entre em contato com as autoridades de saúde locais.
    2. Entre em contato com o Airbnb para nos informar sobre a situação e podermos ajudar. É uma boa ideia acessar e ler nossa Política de Causas de Força Maior da COVID-19.
    3. Sugerimos também que entre em contato com seu anfitrião para informá-lo que você não poderá fazer o check-in e que está trabalhando conosco para cancelar a reserva.
    4. Para ajudar a reduzir a propagação da doença, sua conta do Airbnb ficará restrita até que o Airbnb receba uma confirmação válida de que você pode viajar novamente. Em todas as comunicações conosco, evite fornecer dados confidenciais e informações relacionadas à saúde (como atestados médicos).

    Observação: os hóspedes diagnosticados com COVID-19 não devem reservar uma acomodação no Airbnb para se colocarem em quarentena. Junto com as restrições à sua conta, essa precaução é necessária para proteger o bem-estar da nossa comunidade.

    Se você estiver preocupado em viajar agora

    Sabemos que este é um momento de incerteza, por isso, incentivamos os hóspedes a conversar com seus anfitriões para esclarecer suas dúvidas antes do check-in. Por exemplo, é uma boa ideia enviar uma mensagem para seu anfitrião para perguntar sobre a rotina de limpeza dele e confirmar que o espaço não foi acessado por ninguém com suspeita ou confirmação de que contraiu a COVID-19. Os hóspedes também podem perguntar se o anfitrião pode tomar providências especiais (como oferecer self check-in ou cancelar a manutenção de rotina) para limitar o número de interações presenciais, para que você se sinta mais confortável durante sua estadia.

    Seja você hóspede ou anfitrião, entre em contato com nossa Equipe de Atendimento à Comunidade caso se sinta inseguro por algum motivo. Acima de tudo, sua segurança e bem-estar são nossas prioridades. Como sempre, agradecemos a você por fazer parte de nossa comunidade. Continuaremos atualizando a página airbnb.com.br/COVID com mais dicas e recursos para ajudar você a hospedar e viajar durante este momento difícil.

    Airbnb
    1 de abr. de 2020
    Essa informação foi útil?